Arquivo | Notícias RSS feed for this section

Almoço Solidário no Outback – Associação Junior Achievement

6 nov

Vocês conhecem a Junior Achievement? Essa Associação surgiu em 1919 nos Estados Unidos e hoje é a maior e mais antiga organização de educação prática em negócios, economia e empreendedorismo do mundo. Presente em cerca de 120 países e em todos os estados brasileiros, a associação leva para crianças e adolescentes noções importantíssimas para a vida profissional através do nobre trabalho de voluntariado. E é em nome desse trabalho que deixo o convite abaixo para vocês: participem!

almoço-outback

Quer conhecer mais sobre esse trabalho, ser voluntário e/ou participar desse almoço maravilhoso? Entre em contato no telefone (64) 3404-0728/ 8153-6132.

 

JUNIOR ACHIEVEMENT GOIÁS
Empreendedorismo Para Transformar!

SPFW – Sapatos de Inverno

6 nov

Para quem não está muito antenado com esse tipo de evento, a sigla SPFW significa “São Paulo Fashion Week”, um evento que leva milhares de pessoas para assistir desfiles de marcas nacionais e internacionais a fim de serem apresentadas as novas tendências da moda! Em 2015 o SPFW completará 20 anos, e já está em sua 38ª edição!

Separei algumas apostas da passarela para o próximo inverno: umas são deslumbrantes, outras são bizarras! Vou começar com esse post sobre sapatos: ADOROOOOOOO! *-* Espero que vocês gostem!

PAT PATS SPFW Velha de Vinte

ANIMALE SPFW VELHA DE VINTE

 COLCCI SPFW VELHA DE VINTE

Patbo Cavalera Tufi Reinaldo SPFW Velha de Vinte

PatBo, Cavalera e Tufi Duek conquistaram meu coração! *0* Qual é a sua preferida? Deixe seu comentário aqui em baixo e aguarde os próximos posts sobre o SPFW! Muitas novidades estão por vir… Beijos!!!

Love Story- Bianca e Henrique

5 nov

 Bom dia flores do dia! Como eu havia dito aqui no blog alguns posts atrás, no sábado estive presente em um momento muito muito especial: o noivado dos meus amigos Bianca e Henrique. Decidi que precisava fazer esse post em homenagem ao casal. O momento era muito esperado por eles e por todos que acompanharam de perto esse relacionamento.

Downloads

 Tudo começou em 2009. Ela fazia ensino médio, ele já tinha terminado. Um dia qualquer ele fuçava no Orkut quando viu o perfil de Bianca nos meus amigos. Em questão de minutos ele havia me feito um questionário sobre aquela linda menina de longos cabelos castanhos. Ele queria vê-la! Seria possível ser tão bonita pessoalmente? A amiga logo contou toda a conversa para Bianca, que se interessou contidamente da situação e concordou em conhecê-lo pessoalmente. Foram dias e dias de encontros marcados sem nenhum sucesso. O rapaz havia sumido! Havia ele desistido? Se arrependido? Mistério… Bianca ficou decepcionada com o sumiço do moço, mas se continha. Dias depois ele reapareceu com alguma desculpa da qual não me recordo bem, insistindo que agora sim o encontro iria acontecer. E não é que aconteceu mesmo?

 Era um dia comum de aula, mas fora da escola havia um coração ansioso e dentro da escola outro coração aguardava. Meio dia e quinze dois pares de olhos se cruzaram. Eu bem me lembro de olhar aquele menino de boné e pensar: “não acredito que ele veio conhecer a menina desse jeito”, mas enquanto isso Bianca estava vidrada, já se derretendo por um par de olhos azuis. E os dois não deixaram mais de se ver. As amigas se tornaram espiãs. De vez em sempre seguíamos o casalsinho pelas ruas de Itumbiara após a aula, nos escondendo atrás dos carros e observando enquanto eles se davam as mãos, enquanto ele a acompanhava até sua casa.

Bianca e Henrique

 As cenas desse casal são dignas de cinema! Galanteios debaixo da sacada, tomando banho de chuva, serenatas de violão, invadindo o colégio para fazer uma declaração de amor, flores… e aqui estamos, mais de 4 anos depois, diante do pedido de casamento, que ele mesmo escreveu:

EU NÃO QUERO MAIS NAMORAR COM A BIANCA.

Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela é uma mulher de fé, teme e ama a Deus acima de tudo.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela tem o coração mais humilde e generoso que eu conheci.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela tem um carisma e uma beleza encantadora.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela é, provavelmente, uma das únicas pessoas puras de coração que existem por ai.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela é extremamente inteligente e dedicada em tudo o que faz.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela com certeza será uma excelente mãe. É incrível a forma com que ela lida com as crianças.
Eu não quero mais namorar a Bianca, por que ela tem um sorriso que me faz sorrir involuntariamente.
Eu não quero mais namorar a Bianca, porque ela é a mulher e o amor da minha vida.
Eu nunca mais quero namorar a Bianca, porque eu quero me casar com ela.
Bianca, quer se casar comigo?”

 VELHA DE VINTE-9

E ela disse SIM, e os amigos vibraram com mais uma cena desse romance. E os votos de felicidades são imensos, incontáveis… Que Deus abençoe, que venha o casamento, que as amigas ajudem, que os amigos aguentem, que sejam infinitamente felizes! Amo vocês, parabéns!♥–♥

Tá no cinema: Lucy

7 out

Sábado fomos ao cinema assistir a “Lucy” e não houve arrependimentos. Do mesmo criador de “O Quinto Elemento”, o filme tem tudo que uma boa ação/ficção científica deve ter: ideologia, herói (nesse caso heroína, Scarlett Johansson), uma anormalidade, e muita ação.

Lucy

O filme mistura cenas de pesquisas científicas sobre as células, desenvolvimento dos animais, do homem e do ambiente com a vida de Lucy, uma jovem que está estudando em Taiwan e acaba caindo em um esquema de drogas. Enquanto Lucy passa por momentos aterrorizantes nas mãos dos traficantes, o Professor Morgan dá aulas sobre a capacidade do ser humano de utilizar seu cérebro, questionando como seria se púdessemos utilizá-lo mais: 15%, 20%, 50%… 100%. Talvez o homem fosse capaz de controlar o próprio corpo, o copo dos outros, a matéria! Enquanto isso Lucy acorda com uma bolsa da nova droga CPH4 alojada em seu abdomem, para um “serviço de mula”. Momentos depois do transporte da droga, Lucy recebe chutes na barriga, o que faz com que o pacote se exploda e tome seu organismo. Progressivamente a substância a transforma em uma “superhumana” capaz de utilizar cada vez mais seu cérebro.

As duas vertentes do filme desaguam no encontro entre Lucy e o Professor Norman (Morgan Freeman), unidos no propósito de resguardar todo o conhecimento que Lucy adquiriu. Mas até que consigam, serão muitos socos, tiros, chutes, efeitos especiais e destruição no trânsito. Além disso, temos cenas finais simplesmente incríveis que não conseguirei e nem tentarei descrever. Corre pro cinema! Vale a pena.

Síndrome do Coitadismo

3 out

Sindrome de Coitadismo

Existe uma nova doença que a cada dia acomete mais e mais brasileiros. Ela não é contagiosa mas quem a possui escolheu tê-la. E a exibe com orgulho. É a síndrome do coitadismo! Tais pessoas preferem reclamar das condições em que vivem, da economia, das empresas, dos patrões, dos colegas de trabalho do que fazer algo por si mesmos. Quem nunca encontrou com um ser desses? Para eles a vida conspira contra os “pobres coitados” e invariavelmente depositam as esperanças de melhorias nos governos. Se tornam dependentes emocionalmente e financeiramente. A maioria prefere a esmola do governo do que tomar as rédeas da própria vida. O grande problema é que os maus políticos se aproveitam da ingenuidade e dependência desses brasileiros tornando direitos e garantias fundamentais presentes na nossa Constituição em moeda eleitoral.

Os que sofrem dessa síndrome geralmente se escondem atrás de um cartão governamental ao invés de aproveitarem o auge da produtividade de suas vidas. O que podemos fazer para não pegar essa doença? Primeiramente ter uma atitude positiva em relação às adversidades que a vida nos apresenta. Afinal, todos sempre teremos problemas, a diferença das pessoas bem sucessidas é o que resolvem fazer com os problemas: enfrentam de frente sem choramingar, por mais difícil que possa ser. Depois é preciso ser prático, sair da zona de conforto ajuda muito. É fácil reclamar que não há emprego sentado no sofá. Tem que ir pra rua, por a cara pra bater, arriscar. As dificuldades são vencidas assim, aos pouquinhos mas de frente.

 Por Vinicius Prudente de Campos

Página 12 de 12« Primeira...89101112